quinta-feira, setembro 25, 2008
 
:: Dona-de-casa desesperada II



E no meio dessa coisa toda, eu descobri que adoro lavar louça. Amo! 

Porque há todo um ritual que me diverte horrores: depois de um café da manhã cheio de croissants e Nutella (e com uma taxa glicêmica que praticamente me faz sair quicando), eu boto Alice no carrinho, encaixo num canto da cozinha, ligo o som numa seleção classuda e/ou dançante, e me jogo na bucha e detergente. Com direito a reboladas e dublagem de Beyocé usando o batedor de ovos como mic, um verdadeiro espetáculo sensual, às vezes torço secretamente pra ter um vizinho olhando pra não desperdiçar tamanha performance - ok, tenho Alice de testemunha, mas ela não conta, só me olha passada ("aaai mãããe, pára, que ridícula!", ela diria se tivesse uns anos a mais) e dorme em minutos, me deixando sozinha rebolando feito doida. 

Nem ligo. Esses delírios de pop star/sex bomb/popozuda do funk estão salvando meus dias de pacata dona de casa. Adoro!