sexta-feira, fevereiro 01, 2008
 

:: ALALAÔ!

Enredos de carnaval sempre me divertem muito. Sério mesmo.

Porque é impressionante como os caras conseguem discorrer sobre rigorosamente qualquer coisa usando a velha fórmula Aula de História + Clichês Carnavalescos (veio do oriente - cruzou os mares - em busca de riquezas - África - Grécia Antiga – Roma - índios – bandeirantes - emoção - sedução - coração - magia encantando a avenida etc etc etc). O tema não importa. Pode ser o centenário de um evento obscuro qualquer, um personagem histórico do terceiro escalão, uma mensagem ecológica, o futuro, o passado, um ano, um objeto. Não importa desde que, é claro, ele venha do oriente, cruze os mares e seja cheio de sedução e magia. Depois é só inserir o nome da escola uma porção de vezes, botar o breque e sair saltitando de pura emoção, encantando a avenida.

Pois hoje, para meu deleite, o Guia da Folha resolveu publicar as letras dos enredos paulistanos. É basicamente aquilo ali em cima mesmo, sem grandes surpresas. O que me parece muito peculiar é o fato de que, entre tantos temas esdrúxulos neste mundo de Deus, duas escolas (a saber: Acadêmicos do Tucuruvi e Águia de Ouro,) resolveram que o tema do ano, o assunto a ser desenvolvido em letra, música, carros alegóricos, fantasias e adereços, num desfile de mais de uma hora transmitido em rede nacional e visto por milhões de pessoas, o tema transformador que com certeza trará para a escola o inédito e tão sonhado título, é sorvete. E mais legal é que elas não se repetem! A Acadêmicos optou por uma abordagem histórica da iguaria (vocês sabiam que o sorvete, que obviamente veio do oriente, “atravessou o mar pra se consagrar, ‘americanizou’, evoluiu, surgiram sabores, receitas incríveis que o mundo aplaudiu”???). Já a Águia se concentrou nas sensações: “simples toque de magia que vai te refrescar, que maravilha! Tem várias cores que enfeitiçam seu olhar, obras de arte que fascinam o coração, sedução.”

Então, pessoal, hoje teremos Núbia Olliver (essa é a terceira ou quarta grafia para o nome da maluca?) e Vampeta, destaques das escolas, sacolejando seus corpos seminus em louvor ao sorvete. Só não vai ser o ponto alto da diversão carnavalesca porque amanhã, no desfile da Camisa Verde e Branco, teremos Gretchen, Simony e Jassa (!!!) desfilando a história do cabelo. Que não veio do oriente, mas em compensação “na Grécia e Roma definia classes sociais”...