domingo, janeiro 13, 2008
 
Alice começou a comer fruta raspadinha. E aí...

- Fala mamão, filha. Ma-mão.

- Não, filha, fala pa-paia. Pa-paia.

- Ma-mão!

- Pa-paia! PA-PAAAIA!

- MA-MÃÃÃÃO!

- PA-PAAAIA!

- MA-MÃÃÃO!

(continua por muitos minutos)


Mamãe e papai se esforçam, mas ela não fala nem um nem outro. Aliás, ela não fala, ponto (diplomacia é tudo!)
. Fica ali, mastigando com as gengivas e alternando cara de alegria com cara de nojinho.

Alice é de longe a pessoa mais madura da casa.