quarta-feira, abril 18, 2007
 
:: Torneo de biliardino

Pensem na coisa mais legal pra se fazer em Bologna depois de mandar ver um spaghetti al ragu (nosso bom e velho bolonhesa) com vinho tinto.

Tic-tac-tic-tac-tic-tac.

Acertou quem disse: "participar de um campeonato internacional de pebolim no meio da praça, claro!"

Pois a gente participou!

Internacionais, só nós. Jogamos contra um bando de italianos (ladrões) mesmo.

O biliardino italiano é muito pobre de firulas e as regras mudam a cada minuto. Por exemplo: não se pode tabelar entre 2 jogadores, só chutar pra frente ou tabelar com a parede - mas isso só foi dito (por mímica!) no segundo jogo, e a gente desconfia que era mentira. O resultado é um jogo sem classe nem ginga, só com bicudas. Futebol-arte não rola. Pebolim-espetáculo é proibido. E a italianada toda conspirou contra nós, boleiros por natureza. Sendo assim, decidimos ficar em último lugar como ato de protesto.

Ok, ficar em último lugar num campeonato de pebolim numa praça ensolarada da Itália não é exatamente a coisa mais legal que pode acontecer com um casal turista. Mas que chega bem perto, isso chega.