domingo, abril 29, 2007
 
:: E lá vem ele, minha gente!

O meu umbigo.

Ele, que levava uma vida reclusa, que sempre foi discreto e introvertido, anda agora todo aparecido.

Primeiro ele laceou. Virou uma cratera enorme no meio da minha pança, e poderia facilmente abrigar uma bola de gude, ou até duas.

E agora ele está emergindo. Pela primeira vez na vida eu posso enxergar o assoalho do meu umbigo, visão inédita e perturbadora para a qual eu não estava preparada, definitivamente.

Imagino que pra ele pular pra fora feito pipoca seja questão de poucos dias.