segunda-feira, outubro 10, 2005
 
:: sobre a campanha do desarmamento

muitas poucas vezes coloque opiniões políticas nesse espaço, mas considero a política o grande príncipio da humanidade, espaço em que os seres humanos expõe suas idéias, desejos e representações. existe a grande política feito por políticos, mas existe também a política do dia-a-dia. não jogar papel no chão é um ato político. ter uma banda é um ato político. acreditar e ter esperança é um ato político. amar tem suas conseqüências políticas. a ética (a noção do certo e errado) está em todos nós. a ética se transforma, mas o ser humano continua imperfeito. e é na política que exercita sua imperfeição.

não acredito que esse referendo tenha algum resultado a curto prazo. mas é muito bom ver as pessoas discutindo. discutir é oxigêncio da política. não acredito que essa simples consulta vá mudar da água para o vinho nossa situação. acredito em educação e políticas públicas eficazes.

mas toda essa discussão me fez pensar em uma coisa: eu sou a favor de uma cultura de paz. por isso voto sim para a proibição. sei muito bem que não resolverá nada, mas almejo uma cultura em que não se tenha medo. já tenho muitos.

penso nas razões de quem quer votar não. mas não me vêm outro motivo além do medo. respeito pois eu também tenho medo.

quero que passe logo essa votação e a revelia do resultado, espero que possamos sentar todos e discutir o medo.