sexta-feira, maio 28, 2004
 
:: Prestobarba Haters

Confesso que ainda tinha minhas dúvidas em relação a esse tal Iorgut. Como bem observou a Lu, ele só servia para atestar a nossa impopularidade, deslocamento e falta de trato social: ok, eu não sou lá muito querida; ok, eu sou uma excluída virtual; ok, eu só tenho cubinhos de gelo porque implorei pra Lu fingir que me acha supercool (ela também ia me dar carinhas e corações, mas o Iorgut farejou a fraude e não deixou...)

Mas isso foi até ontem.
Porque ontem eu encontrei minha razão de ser nessa pocilga: a comunidade BARBA. Descobri que, assim como eu, existem mais a mais mulheres chegadas numa PILOSIDADE FACIAL e que, não satisfeitas, querem gritar para o mundo o seu ódio às Gilletes, Prestobarbas e afins. Além de me juntar à NATA do Iorgut por meio de uma comunidade de extremo bom gosto, formada por mulheres (e alguns homens...) sensíveis, antenadas e conhecedoras do prazer que só uma barba mal feita pode proporcionar (ui), eu ainda posso me divertir na sessão "estudo de caso", onde a mulherada bota um barbudo iorgutiano na roda e as outras opinam sobre o referido.

Diversão pura, mulherada!
Eu recomendo!