sábado, outubro 11, 2003
 
:: o maravilhoso mundo dos bancos
( ao som de happy)

a televisão tem umas coisas engraçadas. estava assistindo a tv quando começa um comercial muito bonito, falando sobre familia, amor, coisas que supostamente trazem felicidade. aí no final: é um comercial de um banco! o país vivendo uma crise danada e os comerciais mostrando uma felicidade éterea. não sou contra a realização desses vídeos lindos e esperançosos. eu mesmo sou adepto desse tipo de tom. mas é diícil acreditar nessas coisas quando quem está por trás é um banco.

os bancos foram o unico segmento neste país que não tiveram prejuízo nos anos do real. enqto o país inteiro estava se fudendo, o banco seguia firme. antes eu pensava que o banco só podia ser coisa do mal. mas o banco tem uma importância social. a função do banco é fazer o dinheiro circular através de investimentos. não condeno o lucro, mas fala sério, os caras só sugam! e quando eu assito a um comercial com tanta esperança e coisas belas me dá um pouco de desgosto. só para se ter uma idéia, os juros fixados pelo governo são uma referência, os bancos não precisam praticá-los. mas...

quem me dera que o mundo fosse um banco! todas as pessoas felizes com suas contas correntes, comprando felicidade à vista e parcelando os problemas com cheque especial.