segunda-feira, maio 26, 2003
 
::Curitiba é uma terra estranha

Pra começar, a cidade é conhecida pela alcunha de “Cidade Sorriso”. Aí você passeia um pouco e descobre que lá tem mais parques do que pessoas (o que não deixa de ser uma vantagem, pensando bem). Aí vê que os curitibanos são gatinhos, tem bochechas cor de rosa, usam camiseta num puta frio e tem um sotaque sensacional, várias vezes tive vontade de pegar algum menininho e levar pra casa só pra ouvir ele dizer que “leite quente faz bem pra gente”. Mas o melhor é o seguinte: tem um bairro chamado Santa Felicidade, que nos foi indicado como “o bairro dos restaurantes”. Mas Santa Felicidade não é apenas o bairro dos restaurantes, Santa Felicidade é a tentativa de se reerguer a Grécia antiga, aquilo parece cidade cenográfica, nunca vi tantas colunas na minha vida, quem quiser estudar as ordens jônica ou dórica não precisa de livros de história da arte, precisa conhecer Santa Felicidade. E o mais legal é que você sai de um restaurante que é uma réplica do Parthenon, atravessa a rua e cai num CASTELO MEDIEVAL em ruínas, os arquitetos gregos devem estar se revirando na tumba com a distorção histórica do seu legado, pobrezinhos.