sexta-feira, setembro 16, 2005
 
:: Citação

"(...) Corpos contam, claro - mais do que estamos dispostos a admitir -, mas não nos apaixonamos por corpos, nos apaixonamos um pelo outro, e mesmo que muita coisa se limite a carne e ossos, há também coisas que não. Todos sabem disso, mas no minuto em que vamos além de um catálogo de características e aparências superficiais, as palavras começam a nos faltar, a se desmanchar em confusões místicas, em nebulosas e irreais metáforas. (...)"

Paul Auster, em Noite do Oráculo