terça-feira, outubro 28, 2003
 
:: Fogo! - A história de um quase Adeus....

No minimo, engraçado. Neste final de semana, retoquei o bronzeado na piscina da casa do Di. À noite, tava um calorzão ainda. Nada melhor do que aproveitar a sauna. Ingênua. Jamais pensaria que estava correndo risco de vida. Vejam vocês o que se sucedeu! hahaha

A sauna estava ligada há uma hora. Quente, quente, quente. Fervendo. Entramos, sentamos já com a sudorese a todo vapor. hahaha. Eis que o Di teve a brilhante idéia de pingar essênia de eucalipto. Afinal, sauna sem cheiro de eucalipto é meio duvidosa, não? Pois então... Ele pingou uma gotinha em cima das pedras. Não bastou. A tampinha do frasco estourouu e caiu o liquido todo. Tudo começou a pegar fogo. Mesmo, mesmo, incêndio, coisa de filme. Eu fiquei desesperada e fui abrir a porta correndo. Nisso a irmã dele ficava atrás de mim e o Di atrás dela gritando que a gente ia morrer e tal. E eu, crente que íamos no mínimo virar carvão, puxei a porta com força, mas não abria. Maldita hora de emperrar! E puxei mais e mais e mais e mais. Resultado: arrebentei a porta. Simples assim. A porta saiu na minha mão. Muito superheróica, diz aí!

Isso porque o único problema da porta era o trinco. Mas, pô, garanto que é impossível lembrar de trincos e trancas nessas horas...No final das contas, saímos correndo pra chamar o porteiro e cia ltda. enquanto o Di tentava apagar o fogo e gritava: pega o extintor!!! hahaha Bizarro. Eu sai correndo e caí de bunda no chão. Patético.

Pelo menos o fogo baixou, eu não quebrei nada (fora a porta) e hoje eu valorizo mais a minha vidinha!!! hahahaha