quarta-feira, setembro 03, 2003
 
:: Mães

(ao som de the mamas and the papas)

Hoje, conversando com uma grande amiga, em um dos meus bate-papos relâmpagos, descobri que um ex-namorado dela tatuou a mãe no braço e disse ser seu presente de Dia das Mães. Eis que surge a minha pergunta, de novo, em que mundo nós estamos? Que diabos esse menino pensa da vida?

Enfim, pelo menos isso me inspirou pra falar sobre mães. Primeiro da minha, queridíssima, que acaba de emagrecer 40 quilos e tá lindona. Final de semana passado arrasou na pista de dança do casamento da minha prima (assunto pra outro post).

Em seguida, retomei histórias de mães em geral. Conheço algumas boas sobre cantadas que as mães propõe às filhas. Cristo Rei. Saca só:

* Minha amiga estava em crise, querendo reatar com um cara que ela já namorou um tempinho. E a mãe sugere:

1) Filha, vá passear com o Dunga (o cachorro) perto da casa dele e faz uma hora por lá. Quando você vir ele chegando aborda.

2) Filha, por que você não chama ele pra comer um cachorro-quente?

3) Filha, quando acabar a aula na faculdade, veja onde ele estacionou o carro e fique lá esperando.

E eu, pessoas, pergunto de novo: em que mundo nós estamos? hahaha