quinta-feira, junho 12, 2003
 
:: Espinhas: uma forma de amor...

Oh My God! Passei dos meus 15 anos sem uma espinha e agora dei pra ter aquelas bem lindonas, ultradiscretas, no meio da testa. Essa semana foi um festival. Tive duas, como se não bastasse uma. Eu, com a minha pele de bebê, lisinha, agora sofro deste mal. Enfim... A moça que trabalha lá na minha casa bateu o olho nas duas. Tomou um susto e disse:
- Meu deus!!! Isso é vontade de casar!!!
Hahaha. Ela é cheia das crendices. Morro de rir com isso. Mas, vejam vocês, dessa vez ela acertou! hahaha