terça-feira, abril 08, 2003
 
:: Meu amigo Bob Dylan

Remédio pro ânimo é lembrar de coisas boas! Hoje a bola da vez foi meu diário de bordo da viagem que fiz pra Chapada dos Veadeiros de carro, com 12 amigos. Um deles era o Chris. Um australiano peculiar que veio rodar pelo Brasil, ruivo, cabeludo, com quem eu, definitivamente, não conseguia me comunicar. Haha Uma figura. Tocava violão, entupiu o banheiro (!!), e aprendeu, com rapidez, as gírias paulistas. Era de morrer de rir! A voz? Bob Dylan, o próprio! Saca só: ele usava a aliança de noivado no dedo do pé! Haha Esperem por mais histórias dos meus diários de bordo.