segunda-feira, março 24, 2003
 
::“Cosa Nostra”
(ao som de Jorge Ben)

Gosto de comer bem e ser bem atendida. Talvez tenha herdado isso dos meus anos de trabalho com o Josimar Melo. Um mestre. Fui almoçar no Vicolo Nostro hoje. Pessoas, fiquem atentas à minha dica gastronômica. Um restaurante espaçoso e acolhedor. Lembra um beco italiano, tradicional. Os pães do interminável couvert saem quentinhos, são produzidos ali mesmo. Antigamente funcionava no espaço uma fábrica alemã de pães... A cozinha é encantadora e saca só o tira-gosto do cardápio: filé mignon com queijo brie e risoto ao pesto; ravióli recheado com bacalhau ao molho de alho-poró; fettuccine com camarões e alcachofra, e por aí afora. A carta de vinhos é completa. Hoje tomei um muito bom da adega Salentein (Mendoza-Argentina), não me lembro o nome. Preciso entender mais de vinhos, já que trabalho também com isso, mas ainda estou nas “aulas básicas”! É mole? Pra quem se interessar... Dê uma espiada no www.vicolo.com.br.